26 de jun de 2012

O que esperar quando não esperamos nada?

Me lembro de quando eu estava numa livraria e peguei uma revista de games e tinha na capa: "Revelado o novo GBA SP com tela retroiluminada". Acho que foi a maior surpresa de toda a minha vida.

    Hoje vou escrever, sobre a minha visão, o motivo de que todos ficamos decepcionados com as       conferências dos últimos anos. Pegue sua pipoca e seu copo de refrigerante e boa leitura.

Novidades são coisas que não esperamos e de repente aparecem sem mais nem menos. Para nós, hoje, o que seria uma uma grande novidade no mundo dos games? Um novo console? Uma nova produtora de Hardware? Novos jogos? Nós mesmos ficamos na net por horas, procurando novidades e normalmente elas aparecem tão fragmentadas que quando chega realmente o produto final, não é mais uma novidade. Com o advento das redes sociais, a novidade deixou de ser interessante. Os leitores cada vez mais, querem saber antes do tempo e ficam especulando sobre tudo que esta por vir em todas as áreas. Com isso, após todos os rumores, a grande novidade passa a ser somente uma notícia da página dois e todos acham que não foi uma novidade tão boa assim. 

Na E3 não foi diferente. Ficamos aguardando as super novidades que nem mesmos nós sabemos o que estávamos esperando e quando de repente, só se confirmou os malditos rumores e que é o nosso atual problema por assim dizer. A Nintendo que tinha como principal novidade da feira, o seu console Wii U, não conseguiu agradar a imprensa e nem os fãs que esperavam, mas esperam o que? Tudo que tinha para ser mostrado foi feito com muita beleza e sofisticação que é o que sempre queremos ver mas não tivemos nada inédito, pois já tínhamos visto de tudo ou lido algo sobre as novidades. A decepção é inevitável para os aficionados por games ou os curiosos mas o jogador casual que não está diariamente em contato com algum tipo de blog ou site especializado gostou do que viu, e esta muito ansioso pelas novidades que estão por vir.

Precisamos reaprender que para ser surpresa, nós não podemos saber antecipadamente, o que é quase impossível nos dias de hoje. Assim como tudo evolui, precisamos também mudar nosso conceito de o que esperar nas feiras e convenções de nossas produtoras favoritas e ficarmos felizes ou criticarmos coisas que realmente foram apresentadas e não ficarmos esperando que nos surpreendam com uma "geringonça" que prometa mudar nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário