31 de out de 2009

Resultado da Promoção EXCLUSIVA: Scribblenauts no Nintenerds

Depois de um pequeno atraso devido a demora no lançamento do game em terras brasileiras, é chegada a hora de conhecermos o grande ganhador da nossa promoção EXCLUSIVA Scribblenauts no Nintenerds.

Foram e-mails e mais e-mails, com itens suficientes para que um Scribblenauts 2 saísse recheado de novidades, com situações das mais hilárias. E o grande ganhador da nossa promoção foi...


Mauro Xavier


Os itens escolhidos pelo jovem rapaz, que completou seus 15 anos no último dia 10 de Outubro, foram um balão, um super mushroom e a armadura da Samus.

E como se a seleta lista de itens não fosse suficiente para dar cabo do lagartão, nosso grande vencedor registrou todos os momentos da batalha final, com direito à um Wiimake, sendo assim o escolhido para levar o game lacrado para casa - um belo presente de aniversário, não é mesmo?





Você pode conferir o álbum com as criações do Mauro Xavier clicando aqui.

À essa hora, Maxwell já está a caminho da casa do nosso vencedor, e rápido. Parabéns, Mauro!

O Nintenerds agradece imensamente a todos que participaram - e não se esqueçam que a GNCCG continua, e também que novas promoções podem surgir a qualquer momento.


Fui!...

30 de out de 2009

Campeonato Oficial de Resort na SAGA

E a Latamel promove mais um campeonato oficial esse final de semana em São Paulo.

O endereço da jogatina dessa vez não é de nenhuma loja ou Shopping e sim na escola de artes Saga.

Mais informações no anúncio abaixo:




29 de out de 2009

Nintenerds entrevista Laura Intravia – a “Flute Link” do Video Games Live

Após os shows no Brasil, o Video Games Live passou por um intervalo de duas semanas. O Nintenerds, aproveitando essa folga, entrevistou a simpática Laura Intravia, conhecida pelo apelido “Flute Link” e sua interpretação no concerto gamístico. Mas antes da entrevista, confira a apresentação dela em sua última passagem por São Paulo:





Laura Intravia, 22 anos e moradora de Nova York, formou-se recentemente na faculdade de Ithaca para composição de músicas e performance vocal. Por motivos financeiros não pôde ingressar nos outros cursos de graduação, mas essa foi uma das razões que a possibilitou de se apresentar no VGL e também de vir ao Brasil. Atualmente atua em várias áreas musicais, cantando e compondo músicas.


Além de seu talento impressionante (basta assistir ao vídeo acima), Laura é também muito simpática. Mesmo com muito trabalho a realizar, ela aceitou ser entrevistada pelo Nintenerds e toda a conversa pode ser conferida abaixo.


1- Nintenerds: Como foi seu primeiro contato com os video games? Há algum game favorito?

Laura Intravia:
Minha mais antiga lembrança com os video games é de quando eu era bem novinha, com uns quatro ou cinco anos. Minha família tinha o hábito de visitar meus tios todos os anos, em Novembro, e eles tinham o Super Nintendo que meus irmãos mais velhos e primos jogavam muito. O primeiro game que eu vi foi Super Mario World e meus primos ficavam horas tentando derrotar os castelos de Reznor. Eu achava isso um máximo! Eu era muito nova para jogar, então só assistia. Quando eu fiquei mais velha, meus games favoritos no SNES se tornaram Donkey Kong, Super Mario World, Aladdin da Capcom e Super Mario Kart. Eu ainda jogo esses games quando visito meus tios. Também brinquei muito com o Sega Genisis e meu game predileto era Sonic The Hedgehog 2, no qual meu irmão jogava com o Sonic e eu com Tales. Aos 12 anos, eu e meus irmãos juntamos dinheiro e compramos o Nintendo 64, logo em seu lançamento. É sem dúvidas o console que eu mais gosto e que possui os melhores jogos: Banjo-Kazooie, StarFox 64, Mario Kart 64, os Mario Party, Paper Mario e com certeza Legend of Zelda: Ocarina of Time e Majora’s Mask.


2- Nintenerds: Você acredita que as trilhas sonoras são importantes para os video games?

Laura Intravia: Com certeza! Há muitos elementos importantes que compõem os bons games, como o design, a câmera, os controles e os mapas, por exemplo. Eu acho que a trilha sonora é possivelmente o elemento mais importante, porque atinge suas emoções e faz com que você se sinta dentro do game. Quando jogava Sonic 2, eu sempre me animava e ficava completamente elétrica porque as músicas do game eram rápidas, animadas e cheias de energia. Em The Legend of Zelda: Ocarina of Time, o tema Zelda’s Lullaby é tranqüilo e tenro, fazendo com que você se sinta da mesma forma ao encontrar a própria Princesa Zelda. As trilhas sonoras dos games funcionam do mesmo jeito que as dos filmes: elas realçam as emoções em cada cena e assim você consegue entender como que os personagens estão se sentindo e pensando.


3- Nintenerds: Jogos como Rock Band e Guitar Hero se tornaram muito famosos. Na sua opinião, esses games são uma boa forma de trazer a música às pessoas ou eles podem prejudicar as trilhas sonoras dos outros games?

Laura Intravia: Sim e não! Eu acredito que, se o jogador tocar e cantar músicas já existentes de grupos e bandas e não dos próprios video games, então fica realmente difícil para que estes games possuam sua própria e reconhecida trilha sonora. Ou seja, tais games não estão influenciando na apreciação de músicas originadas única e exclusivamente deles mesmos. Por outro lado, eles estão cooperando consideravelmente na apreciação por músicas em geral! Quando eu joguei esses games, descobri várias músicas de grupos que eu nunca havia escutado anteriormente e passei a adorá-los e a querer escutar mais de suas músicas! Acho que esses games são perfeitos para fazer as pessoas ouvirem mais tipos de músicas e isso é ótimo!


4- Nintenerds: O número de garotas jogadoras aumentou bastante e você é uma prova disso. Quais poderiam ser as causas para tal crescimento?

Laura Intravia: (risos) É verdade! Eu tenho encontrado muitas garotas gamers. Só consigo deduzir que é por causa da maior quantidade de games no mercado que agradam ambos os homens e as mulheres. Há títulos que se focam mais no público masculino, como é o caso de Grand Theft Auto, Call of Duty e God of War, por exemplo. Mas games como Mario, Zelda e principalmente a série Final Fantasy não possuem um público de um sexo específico e assim garotos e garotas podem se interessar por eles. À medida que mais mulheres tornam-se jogadoras, maior é a expansão desse público. Graças a Deus! (risos)


5- Nintenerds: Como você foi convidada para trabalhar no Video Games Live? Pretende tocar outras músicas?

Laura Intravia:
É uma história engraçada! Eu já havia realizado minha apresentação de “Flute Link” no ano passado durante o Anime Convention. Meus amigos me filmaram e publicaram o vídeo no Youtube, e eu me tornei super popular na Internet! No último mês de Maio, o Tommy Tallarico (criador do VGL) assistiu ao vídeo no Youtube e me perguntou se eu estava interessada em tocar em um show. Foi incrível! A minha primeira apresentação no VGL foi em San Diego, em Julho, e minha performance foi um sucesso. Então me convidaram para tocar em outros shows, inclusive no Brasil! Eu adoraria tocar mais músicas! Além de Zelda, já participei de outras trilhas sonoras no concerto, como em Chrono Cross, God of War e Diablo III. Espero poder criar novos arranjos musicais para o VGL.


6- Nintenerds: Você sentiu alguma diferença entre o público brasileiro e os demais? Já havia visitado o Brasil em outra oportunidade e/ou pretende fazê-lo no futuro?

Laura Intravia: Definitivamente o público brasileiro é bem mais louco que o norte-americano! (risos) O nível de energia no Brasil é muito diferente, o que é impressionante! Os brasileiros são muito passionais em relação às trilhas sonoras dos games e eles não sentem medo em expressar isso! (risos) De todas as minhas performances, a que eu mais amei foi a do Brasil. Espero voltar no ano que vem! Eu nunca havia saído do país antes desse tour do VGL, então a viagem ao Brasil foi uma nova experiência para mim e eu queria conhecer tudo sobre o país. Gostaria de conhecer melhor as praias do Rio de Janeiro e de Salvador, ainda mais se eu voltar algum dia.


7- Gostaria de mandar um recado aos seus fãs?

Laura Intravia: Façam músicas, joguem, vivam a vida intensamente e sigam suas paixões (a minha paixão me trouxe ao Brasil!!!).






“Minha vida parece uma loucura com tantas direções a seguir. Quando as pessoas perguntam qual é o meu sonho, respondo que quero ser música de qualquer jeito!” Laura Intravia.

Mais um rumor que se torna verdade: DSi LL




Onde há fumaça há fogo, já dizia o velho ditado.

Uma coisa que sempre comento com o Marks é que todos os rumores envolvendo a Nintendo de um modo ou de outro se tornam verdades depois de alguns dias/semanas. A Nintendo até tentou desmentir, mas no fundo todos sabiam que vinham algo.

Quando o zum zum zum começou pelos sites, blogs e fóruns do mundo inteiro, eu disse: “ A Nintendo vai fazer eu comprar outro DSi”.

Dito e feito, ela vai mesmo me fazer comprar outro. Quer dizer, talvez. Pelo que consta a belezinha chamada de DSi LL será lançada no mercado japonês apenas.

Eu acho que logo logo vem para o nosso mercado, da mesma forma que foi com o DSi: final do ano no Japão e em março do ano seguinte nos EUA ( e Brasil).

Aproveitando o final ( março) e o começo (abril) do ano fiscal da BIG N.

Como ta tudo em japonês, só consegui analisar algumas fotos, o novo brinquedo é mais robusto que o antecessor, a tela está maior e a Styllus sempre pequenina agora está um monstro, enorme.

Pelo jeito a “japonesada” se cansou desse papo que orientais possuem canetas pequenas e finas.

Confira mais informações ( em japonês) e fotos no site oficial da Nintendo



Nova Styllus:


comparação do modelo DSi com o modelo DSiLL

28 de out de 2009

Revista Nintendo Blast: Sua nova revista digital

Não sei se a maioria do pessoal sabe, mas além de integrante aqui do Nintenerds sou também um membro do Nintendo Blast, um site também voltado para os fãs da Big N. Pois bem, depois de alguns meses de idéias e muita especulação, lançamos no último domingo a primeira edição da Revista Nintendo Blast.

Ela é resultado de um projeto gráfico inovador e que busca uma maior relação com o aspecto digital da publicação. Para isso usamos visualização em página única, colunagem diferenciada, botões interativos para avançar/retroceder páginas e outros. A idéia é vencer a barreira que existe na internet contra esse tipo de publicação, oferecendo uma revista pensada e produzida para o meio.

Produzimos inclusive um "trailer" para apresentar a revista:

Você pode ficar por dentro da revista no nosso mini-site e até participar da produção, diagramação e escrever matérias para ela. Para baixar ou visualizar a revista, veja abaixo:

revista_fundobranco

Ou visualize online com:
Google Viewer | Issuu

27 de out de 2009

Evento de New Mario em Sampa e no RJ + Pré-Venda com brinde

Para promover um dos maiores lançamentos do ano para Wii, a Latamel (aquela empresa amada/odiada que representa Nintendo no Brasil) fará 2 demonstrações do jogo New Super Mario Bros.Wii. Uma delas acontece no Rio de Janeiro e outra, como de praxe em Sampa.


Além de poder testar o jogo antes de todo mundo (como sugere o comunicado que recebemos), a Latamel irá sortear 1 Nintendo Wii lacradinho os jogadores presentes.


Eu particularmente curto muito esse tipo de ação, sempre é bom para conhecer o produto antes do lançamento , participar de sorteios e de quebra faturar alguns brindes.


Onde e quando:

Local: - Rio de Janeiro
Hotel Caesar Business - Rua da Passagem, 39 - Botafogo
Data: 14 de novembro - Sábado das 13h00 às 20h00.

Local - São Paulo
Hotel Caesar Business- Avenida Paulista, 2181 - Bela Vista - Próximo a estação Consolação do Metrô
Data: 15 de novembro - Domingo das 13h00 às 20h00

Lembrando que a entrada é gratuita.


PRÉ-VENDA



E para quem não se agüenta e adora uma pré-venda, algumas lojas brazucas já subiram em seus sites para o jogo do Bigodudo. Quem reservar o jogo antes do lançamento leva uma camiseta exclusiva do Mario montado no Yoshi. A brincadeira sai por R$ 249,00 e pode ser parcelada na maioria dos sites e alguns ainda dão alguns descontinhos camaradas.


Até o momento os seguintes sites subiram a pré-venda:


- Saraiva

- Fnac

- Essencial Games

- GameTech

- Brothers Game

- UZ Games

- Miami Store

- revolution Games

-Games Center

- Notebook Now

26 de out de 2009

Provérbios gamísticos

Os games se tornaram tão importantes que muitas pessoas acabaram criando provérbios a partir deles. Veja abaixo alguns exemplos engraçados criados pelo site Gamer Paper:




"Uma moeda salva é um centésimo de vida humana ganha"



"Se você dá um peixe a um homem, ele come por um dia.
Se você ensina o homem a pescar,
ele morre de fome porquê você esqueceu de lhe dar o (item) sinking lure"



"A vida é como uma caixa de item: você nunca sabe o quê vai conseguir.
A menos que você esteja por último, daí provavelmente vai conseguir um relâmpago"



"Se você ama algo, o deixe livre.
Se ele não voltar, então tem um abismo logo à frente"



"Apenas os noobs (novatos) morrem cedo"



Clique AQUI para conferir os demais provérbios. (em inglês)

25 de out de 2009

Um Novo Wii


Primeiro foi a Ubisoft, depois a Square-Enix, e até mesmo Miyamoto e Satoru Iwata já falaram algo sobre o possível sucessor do Wii - fora outros rumores.

Para não ficar de fora, resolvi eu também falar escrever um pouco sobre o quê podemos esperar do sucessor do Nintendo Wii. Talvez eu só esteja falando um monte de besteira, ou quem sabe acertando mais do quê imagino - mas isso a gente só vai saber quando o novo console chegar. Peço desculpas por não incluir imagens por aqui, mas o objetivo é apenas registrar meus devaneios. Vamos lá!



Quando

Difícil dizer exatamente em qual ano saberemos os primeiros detalhes, ou ainda quando ele chega ao mercado, mas de uma coisa tenho certeza: a Nintendo será a primeira na nova nova geração.

Pra não ficar tão vago, acredito que 2010 é um pouco cedo demais - então devemos ficar sabendo de algo mais concreto no segundo semestre de 2011, para tê-lo no mercado no máximo em 2012 antes do fim do mundo.


Armazenar é Preciso

A grande vantagem de um novo console está exatamente em melhorar, ou fazer diferente, do seu anterior naquilo que talvez não tenha agradado tanto. E se numa coisa o Wii ficou devendo, foi na parte do armazenamento - por mais que a Big N tenha saído pela tangente com sua salvadora atualização que ofereceu suporte para os cartões SD de alta capacidade.

Não digo que o "Novo Wii" terá exatamente um HD, mas sim algo que deixe sua capacidade em alguns gigas... como um iPod por exemplo.


Em Time que Está Ganhando...

...Não se mexe. O Virtual Console continuará soberano como a melhor forma de reviver grandes momentos do passado, versões algumas vezes melhoradas dos games das antigas, e porquê não dizer, jogar certos jogos pela primeira vez. Difícil pensar em alguma novidade para o serviço.

O mesmo digo sobre o WiiWare, que deve se manter semelhante, apenas com algumas pequenas alterações e melhorias.


Retrocompatibilidade

O Wii é capaz de rodar seus próprios jogos, e também os de GameCube. Como será isso no novo Wii? Continuará ele sendo capaz de rodar os jogos do Cubo, ou abandonará seus laços com o passado em nome de mais novidades nos novos jogos, e quem sabe pela distribuição digital dos jogos de GC?

Considerando que já temos alguns wii-makes circulando por aí (a série New Play Control! e a trilogia Metroid Prime completa lançada especialmente para o branquinho notável) será que ainda faz sentido ler os pequenos discos?


No Controle

A grande sacada do Wii foi seu Wiiremote, agora vitaminado com o acessório MotionPlus. Mas para os mais "hardcore", a compatibilidade com os controles de GameCube e o próprio Classic Controller eram opções sempre à mão (trocadalho do carilho!). A questão é: como será o controle do novo Wii? Talvez um WiiRemote com MotionPlus integrado, baterias recarregáveis, e quem sabe outras funções?

Ou será que a Nintendo apostará em algo completamente novo agora que as outras duas concorrentes descobriram que há vida além de um pedaço de plástico onde se apertam alguns botões? E se a escolha for por um controle totalmente novo, poderemos ainda usar nossos WiiMotes para os jogos de Wii, ou o novo controlador será de alguma forma compatível com os games de hoje?


Alta Definição

Agora que Microsoft e Sony estão apostando na jogatina além-controle, será que a Nintendo vai se aventurar com games em Alta Definição? Antes de uma questão de mercado ou tecnologia, digo que isso depende muito mais da filosofia.

Seria fantástico um Zelda ou um Smash Bros. com gráficos estonteantes de sei lá quantos pixels por quantos pixels, com interpolação, extrapolação, efeitos dignos de deixar qualquer um que jogasse mais de uma hora seguida sem a pausa recomendada de 15 minutos tendo ataques o resto do dia, e tudo o mais.

Mas tenho minhas dúvidas de quão divertido seria ver gotas de suor escorrendo em tempo real na face fotorealista de um Little Mac, ou ficar babando com uma água mais que perfeita em algum dos muitos mundos dos games do Mario, ou ainda com os detalhes do cano de escapamento de um dos carros do Mario Kart. Não é desmerecer a tecnologia, é só refletir sobre sua real contribuição para os games. Arrisco dizer que faria muito mais sentido um portátil da Nintendo com gráficos em alta definição do quê um console - e não estou me baseando no rumor do "DS Tegra".


Jogatina Online

Essa precisa melhorar, e muito. Não meço palaras para dizer que, com relação às outras duas do setor, a Big N fica muito atrás neste quesito. Mas por mais que alguns avanços e mudanças tenham ocorrido, temos novamente a questão da filosofia: como ficaria a Nintendo ao saber que uma pequena criança que queria apenas se divertir com seus jogos na internet correu um sério risco ao jogar com alguém queria mais do quê se divertir?

Os Friend Codes não são uma limitação técnica, mas sim uma forma de proteção, por mais arcaicos que eles sejam. De qualquer forma, pelo bem da jogatina online (que já se mostrou ser uma tendência irreversível), a atual política da empresa deve ser revista.


Mil e Uma Utilidades

Cada vez mais o conceito de "estação de entretenimento" tem se aplicado aos consoles, com cada um deles apresentando muito mais recursos do que simplesmente rodar seus games. Internet, músicas, filmes... enquanto isso, os atuais donos de Wii ainda reclamam por não poderem assistir seus filmes em DVD nele.

Mas se por um lado a inclusão de duas câmeras no DSi, e até mesmo o DSiSound mostram um lado mais "multimídia" da Big N, acredito que na parte dos consoles ela ainda continue com a filosofia de mantê-los para os games.


Mídia

Que a Sony foi pioneira e corajosa ao apostar exclusivamente na distribuição digital com seu novo PSP Go! temos que concordar. Assim como com o fato de que os games por download nos consoles também já estão mais que popularizados.

Mas será que o mundo, as lojas, e os próprios consumidores e gamers estão preparados para um console sem discos, dependente apenas da internet e seus downloads? A discussão mídia física X distribuição digital com certeza rende assunto para mais alguns muitos posts, mas acredito que ainda é cedo para imaginarmos um console da Nintendo auto-suficiente.

Se analisando as questões mercadológicas faz todo o sentido apostar nessa forma de distribuição pela redução de custos, maior facilidade nos lançamentos de games, e tudo o mais, não podemos nos esquecer das prováveis limitações técnicas, na possível barreira que poderia ser criada contra a nova audiência da Big N - que ainda não está acostumada com essa metodologia - e porquê não dizer, com a magia que envolve a compra de um game.


Nome

Do NES fomos para o SuperNES, e depois o Nintendo 64 - que depois deu lugar não ao Nintendo 128, mas sim ao GameCube. E agora? Parece meio improvável que a Nintendo abandone o nome Wii, mas ao mesmo tempo ela pode querer começar algo novo ao invés de parecer estar lançando uma plataforma melhorada.

SuperWii? WiiHD? WiiNitro? Talvez o conjunto das decisões apresentadas aqui expliquem qual será o nome da nova plataforma - mas seja qual for, será fácil de ser lembrado, e cairá nas graças do público gamer e não-gamer.



Enfim, são mais perguntas do quê respostas, algo natural para o estágio que estamos com relação à um novo console. E se com o Wii a idéia era a "Revolution", agora com certeza ela será a "Evolution" de tudo o quê a Nintendo conquistou e aprendeu com ele. Agora só nos resta esperar pelas novidades...


Fui!

23 de out de 2009

Veja mini-cosplays de Baby Mario e Yoshi

thumb_23959_152765_Mario1jpg_620x thumb_23959_152765_Yoshi2jpg_620x

Cuti-cuti não é? Depois da imagem acima ter sido publicada pelo Go Nintendo, o que vai ter de pai "fantasiando" os filhões por aí, não é brincadeira…

21 de out de 2009

++Tirinhas

Até parece que estou com mania de tirinhas...mas tenho encontrado várias divertidas...
Com essas tirinhas descobrimos quem pode ter sido o responsável pela queda das torres gêmeas hehhe...
Descobri também por onde anda o Pac man.....


Bomberman tentando viajar....

O verdadeiro terrorista!

Pac man em seu novo trabalho!

Piadinha +18






19 de out de 2009

GNCCG - Fase E5 -PARTE 2-

Gincana encerrada.
Vencedor: Dude (2 moedas)



Parece que ninguém conseguiu responder a GNCCG E5. Por essa razão decidi dar uma chance e reduzi o corte das figuras dos games. Mas como ninguém conseguiu de primeira, a gincana passou a valer 2 moedas:


A brincadeira é bem simples: identifique o nome dos games e suas respectivas plataformas que correspondem a cada uma das imagens abaixo. É uma gincana de nível médio e que vale duas moedas!

Clique aqui para acessar as regras da GNCCG.


1



2



3



4



5



6



7



8



Boa sorte!


Resposta:
1 - Mario Kart 64 (Nintendo 64)
2 - Pokemon Colosseum(GameCube)
3 - Metroid (NES)
4 - South Park (Nintendo 64)
5 - Chrono Trigger (SNES)
6 - Fire Emblem: Radiant Dawn (Wii)
7 - Castlevania: Aria of Sorrow (GBA)
8 - Phoenix Wright Ace Attorney: Justice for All (DS)