3 de jun de 2009

Nintendo na E3 2009

Em uma mistura de games casuais e hardcores, a Nintendo não desapontou.

A apresentação da Nintendo na Electronics Entertainment Expo (E3), que ocorreu nessa terça feira de Junho (02/06/2009) em Los Angeles, confirmou a preocupação da empresa com os gamers hardcore que haviam ficado irritados com a fraca conferência realizada no ano passado. Os famosos títulos como Mario, Metroid e Zelda reapareceram para a alegria dos fãs, mas faltaram grandes novidades.






Cammie Dunaway, vice presidente da Nintendo of America (NoA), deu início à conferência fazendo uma comparação de como o mercado de videogames cresceu em relação aos de brinquedos, música e de filmes. A razão disso, para ela, é que antigamente os games eram focados somente àqueles indivíduos muito ligados aos jogos (conhecidos como gamers Hardcore), mas agora o público se expandiu.

“Talvez você tenha notado uma mulher jogando Nintendo DS no avião, ou seu tio lhe pedindo dicas para poder ganhar dos amigos no Mario Kart. Hoje está claro: o game é de todos”. A expressão “Everyone’s game” ou “o game é de todos” foi muito utilizada pela empresa japonesa durante a apresentação.







Cammie disse ainda que a Nintendo irá trazer inovações em matéria de jogabilidade e surpresas em locais que todos consideram esgotados. Completou então da seguinte forma: “Se existe um ícone para videogames, é provavelmente o cara que apareceu em mais de 200 diferentes títulos e vendeu mais de 200 milhões de games no mundo todo. Ele é alguém que parece já ter feito o bastante...” Como a maioria deve ter entendido, ela estava se referindo a Mario e assim foi mostrado um vídeo com alguns jogos do bigodudo.

Subiu ao palco Bill Trinen (tradutor e muitas vezes apresentador da Nintendo) para mostrar uma das novidades do dia: New Super Mario Bros. Wii. O game se parece muito com New Super Mario Bros. DS, mas a grande inovação é a possibilidade de quatro pessoas jogarem ao mesmo tempo. Com isso os jogadores podem tanto cooperar entre eles ou então disputar por moedas, itens e bônus em geral. Cada ação dos personagens é convertida em pontos e, ao término de cada fase, a pontuação de cada um é exibida em forma de ranking (primeiro a último colocados). Os ambientes foram alterados e há mais passagens secretas, túneis e itens. O jogo será lançado no natal deste ano.






Após a surpresa, Cammie voltou ao palco e disse que Mario não foi o único que atraiu todo o público da Nintendo, mas Wii Fit também. “Em seu 13º mês após ser lançado, Wii Fit foi o game mais vendido nos EUA e em todo o mundo. Analistas pararam de olhar a Balance Board como um mero acessório e passaram a considerá-la como uma plataforma de games”.

A vice presidente da NoA explicou que, buscando trazer mais benefícios ao Wii Fit e torná-lo mais atraente para cada membro da família, a Nintendo está lançando Wii Fit Plus. Diferente do primeiro jogo, que foi criado para trazer algo a todos, o novo irá adicionar mais recursos ao original, como cinco novos exercícios de força e de yoga e também mostrará a quantidade de calorias gastas após cada treino. Junto a isso, 15 novos mini-games foram incluídos. Wii Fit Plus será lançado durante a primavera brasileira deste ano, tanto em um pacote com a Balance Board, quanto somente o software para quem já possui a balança.






Com o término de um breve vídeo que mostrou alguns jogos da Nintendo, o presidente da NoA, Reggie Fils-Aime, apareceu ao palco para mostrar o novo acessório que aumentará a sensibilidade do controle do Wii: o Wii Motion Plus. O aparelho também foi exibido durante a E3 do ano passado, mas dessa vez ele foi testado por Bill Trinen, que o usou no jogo Wii Sports Resort, o qual será lançado em julho deste ano. Após a demonstração, Reggie se juntou à brincadeira e ambos disputaram uma partida de basquete, mostrando mais uma vez a incrível melhora nos controles do Wii.






Reggie então citou alguns jogos que irão utilizar o Wii Motion Plus: Tiger Woods PGA Tour 2010 (Eletronic Arts), que será lançado em conjunto com o acessório; EA Grand Slam Tennis (Eletronic Arts); Virtua Tennis 2009 (Sega); e Red Steel 2 (Ubisoft).

“Esses novos títulos mostram como o desenvolvimento das empresas Third Parties está ocorrendo com a Nintendo. Isso porque no último ano, nos EUA, mais jogos das Third Parties foram vendidos para Wii em relação às outras plataformas e o Nintendo DS ficou em segundo”.

Mudando o foco para os jogos de RPG, foram apresentados vídeos dos games: Final Fantasy The Crystal Bearers para Wii e Kingdom Hearts 358/2 Days para DS (Square Enix); Mario and Luigi Bowser’s inside story (lançamento previsto para a próxima primavera brasileira); e Golden Sun DS.









Cammie Dunaway retornou ao palco para falar exclusivamente do Nintendo DS e mostrou alguns novos jogos para o portátil de sucesso da Nintendo: James Peterson Women’s Murder Club Games of Passion, um game de investigação voltado principalmente ao público casual; Cop: The Recruit (Ubisoft), muito parecido com GTA: China Town Wars, juntando elementos de ação, como crimes e corridas; Style Savvy, cujo objetivo é basicamente tornar-se um grande ícone da moda, comprando roupas caras e aumentando sua coleção fashion.

Continuando seu discurso, Cammie partiu para as novidades do Nintendo DSi, o mais novo portátil da empresa japonesa. Em Mario Vs. Donkey Kong: Minis March Again!, mais uma surpresa do dia, o jogador poderá criar fases para desafiar amigos, colocando armadilhas e obstáculos onde ele quiser. O game estará disponível para download no sistema DSi Ware no dia 8 de Junho deste ano. Outra novidade é Wario Ware DIY, no qual todos os micro-games são criados pelo jogador, desde os elementos da imagem até o objetivo de cada joguinho.

Além disso, será possível enviar fotos personalizadas diretamente do DSi para o Face Book, site de depósitos de imagens muito famoso na Internet.






Após quase 50 minutos de conferência, Satoru Iwata, presidente da Nintendo, trocou de lugar com Cammie para falar sobre o passado e futuro da BigN, além de trazer uma surpresa totalmente inédita.

“Quando a Nintendo começou a dizer que traria mais pessoas aos videogames, muitos imaginaram que seria impossível. Hoje isso foi aceito e, como resultado, a população global de jogadores se expandiu muito. Porém algumas pessoas atualmente acreditam que o movimento de expansão dessa audiência começou a cair.

Recentemente estivemos fazendo pesquisas ao redor do mundo para descobrir o que está acontecendo. A Nintendo dividiu a população em três grupos: aqueles que jogam ativamente; aqueles que nunca jogam; e aqueles que um dia poderão jogar.






Obviamente, se a população de gamers crescer mais, deverá ser do primeiro e último grupos. Então quantos deles existem? No Japão, nos EUA e em outros seis países europeus, existem mais de 295 milhões de pessoas que jogam ativamente. Essas pessoas, portanto, são grandes compradores. Mas ao mesmo tempo há mais de 149 milhões de pessoas, nesses mesmos territórios, que um dia poderão jogar. Juntando tudo isso, para cada duas pessoas que hoje jogam, há mais uma apenas esperando para “pular” nos games. Imaginem a oportunidade se o número de jogadores aumentar 50%. Assim como nossa pesquisa revelou, nós ainda temos um grande caminho para expandir a população de gamers. O fato é que essa quantidade de pessoas pode decidir o destino de qualquer plataforma.

Nós fomos capazes de erradicar o ponto de vista das pessoas que achavam que aqueles que nunca jogaram no passado também não jogariam no futuro. Nosso próximo objetivo será criar títulos individuais que possam satisfazer cada tipo de jogador, mesmo que a diferença de habilidades entre eles seja grande. Antigamente eram considerados jogos bons aqueles cuja exigência de habilidades era alta, mas essa suposição me preocupa.

No mundo de entretenimento, dificultar a entrada de novas pessoas é uma estratégia perigosa. Aumentar a dificuldade dos jogos significa que o número de pessoas novas nos games irá reduzir. Por outro lado, se nós simplesmente diminuirmos o nível de dificuldade, nós não iremos satisfazer os jogadores habilidosos. E eu também estou preocupado com um mundo em que a diferença de experiência entre jogadores habilidosos e novatos seja grande.

Afinal, cada um de nós já foi um jogador novato alguma vez, pois ninguém nasce um expert em games. Talvez nós tivéssemos mais oportunidades com jogos como Pong ou Donkey Kong. Esses games eram imensamente populares, mas ao mesmo tempo intuitivos o bastante para serem apreciados por todos.

Ainda é possível criar produtos que podem satisfazer jogadores avançados e novatos simultaneamente. No ano passado, a Nintendo iniciou suas tentativas de fazer isso introduzindo a combinação de Mario Kart Wii e o acessório Wii Wheel. Nós sentimos que progredimos um pouco. É possível que você, jogador casual ou mesmo um não-gamer, já tenha jogado esse game. E temos a intenção de continuar caminhando para outros objetivos, como New Super Mario Bros. Wii, Wii Sports Resort e Wii Fit Plus. Mesmo que você nunca tenha jogado tais jogos, ou se considera um expert neles, nós acreditamos que esses jogos irão satisfazê-lo e até surpreendê-lo. Cada um deles pode ser considerado como “um game de todos”.

Acreditamos que certos produtos podem aumentar o entendimento mútuo e também o entendimento social de todos os jogadores. Mas finalmente eu entendo que esse tipo de solução pode não ser inteiramente convincente. É possível que a maior parte dos nomes que mostramos hoje sejam conhecidos até mesmo pelos não-gamers. O que mais atraiu novos jogadores até agora foram abordagens totalmente diferentes, como Brain Age e Wii Fit.

O que virá em seguida? Eu pensei que deveria dar a vocês ao menos uma resposta em potencial. Por isso gostaria de mostrá-los outra forma totalmente diferente de pensar em games. Com Brain Age a Nintendo propôs um treinamento do cérebro. Com Wii Fit fizemos você usar o equilíbrio para treinar seu corpo. Hoje, olhem o novo Wii Vitality sensor.






Ao colocar seu dedo no sensor, ele primeiramente analisa seu pulso, mas isso não é somente um verificador de batimento cardíaco. Nosso pulso contém um grande número de sinais emitidos por nosso corpo. O objetivo disso é visualizar algo que é invisível, como o quão nervoso estou por aparecer ao palco hoje, ou como estou focado em não esquecer meu script.

Assim como possibilitamos a você enxergar seu centro de equilíbrio com Wii Fit, o Wii Vitality Sensor tem a intenção de mostrá-lo o que está acontecendo com seu corpo. As pessoas poderiam utilizar os produtos que estamos desenvolvendo com o acessório para buscar um relaxamento. Talvez todos sob pressão nessa sociedade estressada poderiam usá-lo como uma forma de relaxar com um videogame.

Acreditamos que se as definições de videogames forem retiradas, e quanto mais softwares forem desenvolvidos sem a preocupação com os níveis de dificuldade, então o entretenimento alcançará um novo patamar. Eu gostaria de ver esse dia chegar.”






Iwata agradeceu a todos e trocou de lugar mais uma vez com Cammie Dunaway, a qual afirmou que ainda haveria um pouco mais de estímulo na conferência. Foi então que ela anunciou uma das maiores surpresas do dia: Super Mario Galaxy 2. Com um estilo parecido com seu antecessor, mas elementos inéditos, como a possibilidade de montar Yoshi, a surpresa com certeza emocionou muitos fãs do bigodudo.






Reggie Fils-Aime retornou ao palco para mostrar mais algumas novidades.
“Serei honesto: eu também leio blogs e sou um gamer há muito tempo. Sei que há muitas pessoas por aí escutando ou dizendo: “ok, ótimo! Mas eu quero mais!”. E esse “mais” está geralmente associado a empresas que não são Nintendo.

Então deixe-me oferecer apenas três exemplos de títulos de Third Parties que vocês jogarão, exclusivamente para Wii, antes do final deste ano”.
O primeiro jogo é The Conduit, da Sega, o qual será lançado em apenas três semanas nos EUA. Em seguida foi apresentado Resident Evil: The Darkside Chronicles, da Capcom. Por último, Reggie anunciou Dead Space: Extraction, da Eletronic Arts.

“Mas e a própria Nintendo? Poderia um novo game também ser anunciado por nós? A resposta é: com certeza. E desde que duas cabeças pensam melhor que uma, convidamos um dos times mais célebres do mundo (Team Ninja), para se unir a nós. Aqui está um Preview do que estivemos criando juntos”.

Encerrando a conferência da E3, é apresentado no telão o vídeo do mais novo jogo de uma franquia bem conhecida: Metroid Other M. O novo game da série impressionou a todos, principalmente por se tratar de uma aventura/ação em terceira pessoa, muito diferente dos antigos Metroids Prime, que são em primeira. Seu lançamento ocorrerá apenas no ano de 2010 e sem uma data aproximada.






Dessa vez a conferência da Nintendo foi melhor e, mesmo com games novos de franquias antigas, a empresa japonesa mostrou que ainda poderá ficar ao menos mais um ano no topo. As outras empresas, com destaque à Microsoft, cuja apresentação foi superior às demais, mostraram estar trabalhando em projetos para o público casual.

“Continuaremos a fazer com que a Nintendo seja o game de todos”
Reggie Fils-Aime



O Nintenerds ficará de prontidão para qualquer novidade. Até a próxima E3!

7 comentários:

  1. parabens pela materia. Gostie muito mas achei que poderia ser um pouco mais critico. Faltou a sua opinião.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu pensei mais em apenas expor os acontecimentos, sem formar qualquer tipo de opinião a respeito. Valeu, Coliseu!

    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Bato palmas para a Nintendo! não é a toa que ela eh a minha preferida! Muito Bom! Muito Bom! NEW SUPER MARIO BROS WII *-* hahaahuahuhua! Galaxy 2 *-*, Metroid Other M *-*

    ResponderExcluir
  4. Nossa! fico mt bom realmente!
    dessa vez ela se superou mt e pelo jeito tem mt mais, ao olhar esses lançamentos ja tenho planejado qual comprar 1º hahaha

    ResponderExcluir
  5. Nossa que post elaborado deu até gosto de ler! parabens panettone! Agora quanto a e3... foi a primeira e3 que eu assisti ao vivo e que me interessei de fato pois antes,eu não era tão gamer "assim",tive que falatr na escola (com prova) só pra torcer pela nintendo! e posso dizer qu não me arrependi! A nintendo se superou, satisfazendo as reclamações hardcores,Pois já está na cara que todos os três grandes lançamento vão ser games hardcores! E fiquei surpreso pelo mario galaxy 2,e muito feliz tambem,o primeiro galaxy é sem duvida o jogo que mais gostei em toda minha vida,só tenho medo que esse segundo não tenha a mesma maestria que o primeiro... a musica do video não é orquestrada,tomara que o game seja,pena que vai demorar um pouco

    ResponderExcluir
  6. Nossaaaa Mario and Luigi!!!
    o texto ta bem escrito, linguagem facil de entender. acho q as informacoes mais importantes tao ai. parabens

    ResponderExcluir
  7. Excelente matéria!!! Nem preciso mais ver o video da conferencia =D

    O que mais aguardo é o Mario Galaxy 2, e o novo Metroid que me pareceu que vai ser muito foda!

    A Nintendo sabe para quem pede para fazer seus First Parthies

    ResponderExcluir